Mundo

Nenhum polícia foi indiciado pela morte de Breonna Taylor

Nenhum polícia foi indiciado pela morte de Breonna Taylor
AUSTIN, TX – SEPTEMBER 19: Community members gathered for a Stand 4 Breonna event to demand justice for Breonna Taylor on September 19, 2020 in Austin, Texas. Taylor, 26, was killed by Louisville police officers as she slept in her apartment on March 13, 2020. Montinique Monroe/Getty Images/AFP
== FOR NEWSPAPERS, INTERNET, TELCOS & TELEVISION USE ONLY ==

Um painel de jurados do Kentucky indiciou esta quarta-feira apenas um polícia por disparar contra apartamentos na vizinhança, mas não avançou com acusações contra nenhum polícia na morte da jovem negra Breonna Taylor.

Imediatamente após o anúncio do painel de jurados ao juiz de um tribunal de Louisville, no Kentucky, EUA, as pessoas que aguardavam com expectativa a decisão expressaram a sua frustração e responsáveis do Until Freedom, uma das organizações que pressionou por acusações contra os polícias, escreveram nas redes sociais que “não se fez justiça”.

Na rede social Twitter, o advogado da família de Breonna Taylor, Ben Crump, classificou a decisão como “escandalosa e insultosa”.

O presidente da Câmara de Louisville, Greg Fischer, já tinha anunciado o recolher obrigatório a partir das 21:00 até às 6.30 horas da manhã seguinte, pedindo às pessoas para se manifestarem pacificamente.

Leia mais em JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER