Mundo

Soldados israelitas entraram na Faixa de Gaza e ameaçam escalar violência

Soldados israelitas entraram na Faixa de Gaza e ameaçam escalar violência

As tropas israelitas começaram a entrar na Faixa de Gaza no âmbito da operação militar em curso contra o movimento islâmico sunita Hamas.

A madrugada começou com um crescendo da tensão no Médio Oriente, com Israel a tomar de assalto a zona norte da Faixa de Gaza, bombardeando a cidade de Beit Lahia.

“A força aérea israelita e as tropas terrestres estão a realizar um ataque na Faixa de Gaza“, anunciou o exército israelita numa breve mensagem publicada no Twitter, que confirmou a entrada de soldados no enclave palestiniano. Não ficou claro se a ofensiva é uma tentativa de destruir bases de “rockets” ou matar líderes do Hamas, o grupo de combatentes que controla Gaza, ou se se trata mesmo de uma invasão semelhante à de 2014, quando morreram mais de dois mil palestinianos.

Num evidente sinal de que o conflito – que teve na expulsão de palestinianos de um bairro de Jerusalém oriental a mais recente gota de água para a Palestina – pode escalar nas próximas horas e dias, o ministro da Defesa de Israel aprovou a mobilização de mais nove mil soldados reservistas. E o porta-voz militar de Israel, Hidai Zilberman, disse que um reforço de efetivos está já a concentrar-se na fronteira com a Faixa de Gaza.

Em declarações à estação de televisão pública israelita, Zilberman disse que as forças estão a preparar “a opção de uma manobra terrestre”, com veículos blindados e artilharia a ser colocados em alerta para poderem ser “mobilizados a qualquer momento”. O contingente de forças ainda não é suficiente para permitir uma imediata invasão terrestre, ressalvou.

JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER