Mundo

Glaciares da Nova Zelândia ficaram castanhos por causa dos fogos na Austrália

O fumo dos incêndios florestais australianos chegou à Nova Zelândia, a milhares de quilómetros de distância, e deu aos glaciares habitualmente brancos um tom caramelo, de acordo com os serviços de meteorologia e a comunicação social locais.

O fumo, que solta um cheiro áspero para o nariz, apareceu pela primeira vez na zona na quarta-feira. Em algumas regiões, o sol parecia uma bola vermelha ou dourada, dependendo da espessura da nuvem tóxica.

“Consegue ver-se claramente o fumo, que percorreu cerca de dois mil quilómetros pelo mar da Tasmânia”, indicou o instituto neozelandês de meteorologia numa publicação feita no Twitter. “Nas regiões mais afetadas, a visibilidade é baixa, de cerca de 10 km”, acrescentou a mesma fonte.

Leia mais no JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER