Mundo

Chefe da máfia Matteo Messina detido após 30 anos em fuga

Matteo Messina Denaro, considerado o chefe dos chefes da máfia siciliana Cosa Nostra, foi preso esta segunda-feira pelas autoridades italianas, segundo a imprensa de Roma.

Matteo estava a fugir à justiça italiana desde 1993 e era um dos homens mais procurados no país.

De acordo com as notícias publicadas em Itália, o chefe máximo da máfia siciliana foi detido numa clínica de saúde em Palermo, capital da Sicília, onde se encontrava a “receber tratamento médico”. O ministro da Defesa italiana, Guido Crossetto, deu os “parabéns à polícia, ao tribunal, às milhares de pessoas que trabalham todos os dias, em silêncio, para defender a justiça”, numa publicação no Twitter.

A captura de Denaro, condenado a várias sentenças (incluindo prisão perpétua) por atentados da Cosa Nostra em 1993 e vários homicídios, ocorre numa altura em que se intensificam as investigações contra o crime organizado levadas a cabo pelos procuradores de Palermo, Maurizio de Lucia e Paolo Guido.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER