GTA

Sindicatos acusam governo de falta de transparência na gestão da crise de saúde 

Sindicatos acusam governo de falta de transparência na gestão da crise de saúde-Milénio Stadium-GTA
The Canadian Press

Dois sindicatos que representam 70.000 trabalhadores dos hospitais de Ontário querem uma abordagem coletiva para resolver a atual escassez de funcionários no sector que está a levar à paralisação das salas de emergência em toda a província.

O Service Employees International Union Healthcare (SEIU) e o Canadian Union of Public Employees/Ontario Council of Hospital Unions (CUPE/OCHU) vão enviar cartas abertas à Associação Hospitalar de Ontário (OHA) e ao Premier Doug Ford a pedir para resolver aquela que dizem ser uma grave crise de recursos humanos no sector da saúde em Ontário.

De entre as várias sugestões dos 2 sindicatos está a divulgação em tempo real num site da escassez de funcionários e reuniões trimestrais com a tutela para discutir formas de reter e contratar funcionários. Os sindicatos dizem que a opinião pública merece saber mais sobre o que está a acontecer e pedem mais transparência ao governo de Ford.

Os sindicatos que assinam as cartas exigem que o governo se comprometa a contratar enfermeiros, paramédicos e outros funcionários de saúde. Os enfermeiros queixam-se que estão exaustos e alguns falam mesmo em esgotamento depois de 2 anos de pandemia de COVID-19.

Diminuição das horas dos turnos e aumento dos salários são algumas das reivindicações desta classe de trabalhadores.

Milénio Stadium

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER