GTA

O aumento proposto da taxa de água poderá custar uma média de 47 dólares por ano

Os residentes poderão ver um aumento nas suas faturas de serviços públicos se a Assembleia Municipal vier a aprovar os orçamentos suportados pela taxa para a Toronto Water e a gestão de resíduos sólidos que foram apresentados pela primeira vez na sexta-feira.

Os funcionários municipais propõem uma subida de 1,9 por cento baseada na inflação para as taxas de recolha de lixo e um aumento de cinco por cento nas taxas de água.

A subida da inflação acima das taxas de água significaria um aumento de 47 dólares por ano na fatura residencial média (de 942 para 989 dólares). As taxas industriais também aumentariam cinco por cento, o que se traduziria num aumento de 13 005 dólares para o titular médio da conta (de 260 099 para 273 104 dólares).

O aumento de cinco por cento faz parte de um plano de quatro anos para aumentar as taxas e restaurar mil milhões de dólares em recursos que foram perdidos devido a uma diminuição no consumo de água.

O plano exigia que a cidade subisse as taxas em oito por cento em 2015 e 2016 e cinco por cento em 2017 e 2018.

Apesar dos repetidos aumentos das taxas, os torontenses ainda pagam menos do que os residentes em outras comunidades da GTA.

De acordo com um relatório elaborado na Comissão de Orçamento na sexta-feira, a fatura de água residencial média em Toronto em 2017 foi mais cara do que na região de Peel e em Hamilton, mas mais barata do que em todas as outras jurisdições da GTA.

A Comissão de Orçamento finalizará os orçamentos com base em taxas, durante a sua reunião marcada para o dia 27 de novembro.

Estes seguirão depois para a Assembleia para aprovação final no dia 6 de dezembro.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER