GTA

LiUNA Local 183 Training Centre inaugura túnel para treinamento de resgates

liuna training center - milenio stadium
Créditos: Carmo Monteiro

 

Um projeto pioneiro na área da construção civil que reitera o compromisso da LiUNA com a inovação e a segurança dos trabalhadores que constroem o Canadá. Foi inaugurado nesta quarta-feira (7) o primeiro túnel para treinamento do programa de resgate em túneis da América do Norte junto ao Training Centre da LiUNA Local 183 em Vaughan. Uma obra grandiosa que custou quase sete milhões de dólares e demorou cerca de sete anos para ser concluída. O local vai ser de fundamental importância para treinar trabalhadores da construção em casos de emergências nesse tipo de obra subterrânea.

O túnel será equipado com bolsões de ar e equipamentos de resgate variados, incluindo cordas e um guindaste para simular resgates. O local tem cerca de 7,6m de profundidade, conectando-se a um túnel de aproximadamente 3 metros a 30,5m de diâmetro. Os bombeiros e os serviços médicos de emergência, assim como os membros da LiUNA de toda a América do Norte, poderão utilizar a instalação para treinamento.
Diversos representantes da LiUNA em diferentes níveis demonstraram a satisfação da conclusão desse tipo de projeto que será vital para o futuro do setor. Entre eles, Joseph Mancinelli, vice-presidente e gerente regional da LiUNA Central e Eastern Canada e Jack Oliveira, business manager da LiUNA Local 183.

Mancinelli destacou a importância do trabalho em conjunto de diversos aliados: “Uma estrutura desse tamanho não é construída do dia para a noite. Foi preciso muito trabalho, nossos parceiros na área da construção civil e claro, o apoio dos governos em diferentes níveis. E uma parceira entre esses três elos que tornou tudo isso possível. É importante citar que foram vários níveis de governo envolvidos, o municipal aqui em Vaughan, governo provincial e claro, federal.”

Jack Oliveira disse que esse tipo de construção “ é o futuro do trabalho que está no nosso horizonte. As obras de infarestutura que precisam ser feitas em Ontário, muitas são subterrâneas e então proporcionar esse tipo de treinamento de emergência, de resgate em situações de perigo nessas construções para nossos trabalhadores é algo fundamental. Vai acelerar muito nosso processo, porque treinando aqui os trabalhadores serão muito mais produtivos e estarão melhor preparados quando forem para a obra em si.” Oliveira também afirmou que: “Esse é um grande projeto, nunca havia sido feito até então, tivemos portanto muitos obstáculos, hoje é uma grande inauguração, e ao final de tudo a nossa satisfação e orgulho são imensos”, concluiu.

 

liuna local 183 training center - milenio stadium (1)

 

Entre os diversos representantes do cenário político, o evento de inauguração contou com a presença do Premier de Ontário, Doug Ford, que fez questão de destacar a importância dos trabalhadores de sindicatos como a LiUNA no desenvolvimento e construção da província em diferentes área: “Nosso governo está investindo 158 bilhões de dólares em obras de infra-estrutura em toda a província, e toda vez que precisamos, não importa que seja construir um prédio, reformar um hospital, construção de rodovias e autoestradas, qualquer tipo de trabalho nós contamos com a mão de obra da LiUNA para tanto”, disse Ford. E complementou: “Eu sempre estarei apoiando a organização de vocês, nós vamos continuar com o nosso trabalho de fazer Ontário uma grande província, desenvolvendo os projetos em conjunto.” Também estiveram presentes na cerimônia o Ministro do Trabalho, Monte McNaughton e da Saúde Mental e Adições, Michael Tibullo, além de vereadores locais.
O premier Ford chegou a citar a falta trabalhadores que a província enfrenta, são cerca de 180 mil vagas a serem preenchidas, e uma das áreas afetadas é a da construção civil Ford deixou claro que seu governo está tentando mudar alguns quesitos no processo de imigracao junto ao governo federal para facilitar a chegada de trabalhadores de áreas específicas.

A falta de mão de obra, foi um dos assuntos onipresentes na inauguração e o vice-presidente da LiUNA fez questão de pontuar: “Só aqui na província de Ontário faltam 30 mil trabalhadores na área da construção civil, pessoas que poderiam estar empregados conosco nesse exato momento. O processo de imigraçao precisa ser revisto no Canadá, e preciso trazer muitos imigrantes a mais, porque por exemplo, Ontário recebe 9 mil por ano mas desse total nem todos estão interessados ou têm perfil para trabalhar na indústria da construção, o sistema precisa mudar.” E acrescentou: “ é preciso que antes que essas pessoas venham para cá elas sejam questionadas se tem interesse nessa area da construcao e além disso, nosso sindicato pode ajudar aqueles imigrantes, muitos de origem portuguesa ou brasileira, que tiveram que sair do país porque nao estavam em situação legal a de certa forma obterem seus papéis através da nossa ajuda, da LiUNA.”

Lizandra Ongaratto/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER