Comunidade

Galeria dos Pioneiros Portugueses recebe estagiário

Humberta Araujo
Lucas Quadros Azevedo, foi o aluno que durante o curso de língua portuguesa da Universidade de Toronto, escolheu a Galeria dos Pioneiros Portugueses para a sua experiência comunitária. Em final de curso, quisemos saber como foi a sua experiência.
Milénio – Este programa de parceria entre a universidade de Toronto e parceiros comunitários foi interessante para ti? Porquê?
Lucas Azevedo – Este programa de parceria entre a universidade de Toronto e os parceiros comunitários acho eu, foi interessante, porque me deu a oportunidade, não só de praticar o meu português oral, mas também de conhecer uma instituição significativa da comunidade portuguesa, localizada aqui em Toronto. Depois de ter feito este trabalho voluntário, sinto-me que tenho contribuído à comunidade, e que faço parte dela.

Milénio – Escolheste a Galeria dos Pioneiros Portugueses, dentro do curso de PRT423. O que te atraiu nesta instituição?
Lucas Azevedo – Escolhi a Galeria porque fiquei interessado depois de ouvir a palestra da Senhora Humberta Araújo, curadora da Galeria, na minha aula de português da universidade de Toronto. Percebi que a minha família também faz parte da história da imigração portuguesa aqui no Canadá, e por isso quis aprender mais sobre os primeiros imigrantes que chegaram cá ao nosso país; sobre as suas histórias e a contribuição que eles fizeram para o desenvolvimento económico e social.

Milénio – O que aprendeste durante este tempo na galeria? Vai ser útil para ti?
Lucas Azevedo – Durante o meu tempo na Galeria, conheci a função que ela desempenha, e o valor que tem para a comunidade portuguesa do Canadá. Quando trabalhei a inserir dados do livro de visitas, me dei conta da diversidade dos visitantes, que vêm do todos os cantos do mundo, para apreciar a nossa história da imigração portuguesa no Canadá. Percebi que a Galeria é apreciada, não só pela comunidade portuguesa, mas por todos os canadianos, de modo geral.

Milénio – O que tens a dizer aos jovens luso canadianos sobre a importância de conhecerem a sua cultura?
Lucas Azevedo – Aos jovens luso canadianos, eu diria que nunca se devem esquecer das suas raízes. Encontrar tempo necessário para aprender a língua portuguesa é um investimento valioso, uma experiência enriquecedora, que permite que o que se aprende desenvolva relações significativas. Além disso, o português tem uma posição privilegiada, estando entre as línguas mais faladas e globalizadas do mundo. O conhecimento do português é uma ferramenta valiosa que abre muitas portas no mundo.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER