Comunidade

Ana Bailão consegue vitória esmagadora em Davenport

Ana Bailão foi eleita para o bairro 9 de Davenport com 84% dos votos. É o terceiro mandato da luso-canadiana como vereadora do bairro que concentra mais portugueses no Canadá. Se nas eleições anteriores Bailão ganhou por uma diferença mínima, agora a voz portuguesa na Câmara Municipal de Toronto foi eleita com uma percentagem que não deixa margem para dúvidas.

Depois de conhecer os resultados Ana estava feliz, mas reconheceu que a campanha eleitoral foi muito diferente das anteriores. “Começámos a trabalhar no dia 1 de maio e conseguimos conectar com as pessoas. A estratégia já estava elaborada e o desafio era que as pessoas sentissem que este plano correspondia à visão delas. Foi uma campanha difícil a nível emocional porque parece que houve três ou quatro eleições durante a campanha. É sempre difícil quando andamos numa montanha russa de emoções”, disse Ana Bailão aos jornalistas.

O local escolhido para celebrar a vitória eleitoral foi a Casa do Alentejo, um dos clubes portugueses mais antigos do bairro. E na hora de festejar não faltaram caras bem conhecidas da comunidade luso-canadiana que elogiaram a competência e a garra de Ana Bailão e que acreditam que a eleição da candidata vai ser uma mais valia para a comunidade portuguesa. “Acho que as mulheres têm uma perspetiva diferente dos homens na política e por isso devíamos ter mais mulheres a governar. As mulheres preocupam-se mais com as pessoas que estão à sua volta; conciliamos a vida profissional com a familiar e não deixamos para amanhã o que podemos fazer hoje porque sabemos que depois temos outros projetos que têm que ser concluídos”, defendeu Lena Barreto, gerente bancária.

Lena Barreto garantiu ainda que Ana Bailão é a pessoa mais lutadora que já conheceu na vida e que é incansável quando toca a ajudar o próximo. Bailão é a única vereadora luso-canadiana a ser eleita em Toronto, um facto que poderá ser uma mais valia para a comunidade luso-canadiana. “Não é que ela vá tirar dos canadianos para dar aos portugueses, mas ela defende os nossos interesses e a nossa cultura. Os portugueses são lutadores e trabalhadores e por isso merecem ter uma voz no poder municipal”, sustentou Barreto.

Joel Bastos é o novo presidente do Arsenal do Minho de Toronto e fez questão de celebrar a reeleição de Ana Bailão. “É bom saber que a comunidade portuguesa está cada vez mais envolvida na política canadiana. É inspirador para qualquer luso-descendente que esteja determinado a chegar mais longe e é um grande orgulho para os clubes poder contar com alguém que partilha dos nossos valores culturais. A Ana é um exemplo, até para mim próprio que vim para cá com 21 anos, ela é amiga da comunidade, inteligente e solidária”, opinou.

O bairro de Davenport tem novas fronteiras e a prioridade da vereadora é a relocalização do escritório comunitário, que agora está a servir apenas a parte sul do bairro. A luso-canadiana ocupa a pasta da habitação acessível na autarquia de Toronto e apesar de ainda não saber se irá ser reconduzida, promete continuar a lutar pelo direito a um teto. “Não sei se vou continuar nesta pasta, mas mesmo sem estar à frente da habitação, vou preocupar-se sempre com este problema porque acho que é fundamental”, contou Ana Bailão aos jornalistas.

A vereadora quer traçar um plano coeso para o desenvolvimento de Davenport e quer resolver o congestionamento do trânsito na St. Clair.

Bailão considera que o grande crescimento de Toronto está a obrigar a cidade a relacionar-se de outra forma com o poder provincial e defende que as decisões têm que ser mais eficientes e mais rápidas e manifesta vontade de representar esta pasta no poder municipal.

A luso-canadiana vai continuar a trabalhar com John Tory que foi reconduzido na presidência da autarquia de Toronto com cerca de 63% dos votos.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER