EditorialBlog

Verão, Fogo & Fumo

Summer-SJ -PORT - milenio stadium

 

 

O verão na cidade. Uma época para se sonhar com o sol, a comida e a alegria das atividades que o mundo tem para oferecer. Momentos felizes, certo? Calma. Antes de saltarmos no caldeirão da diversão, vamos pensar sobre o que está a acontecer no mundo.

Ainda existe uma guerra furiosa em curso na Ucrânia e que o mundo tem vindo convenientemente a esquecer, pressões inflacionárias criam caos na vida daqueles que menos podem arcar com o aumento do custo de uma cesta de pão, o caos nos aeroportos, a falta de mão de obra que impacta vários negócios, fogos em várias partes do mundo devido às elevadas temperaturas, a fome causada pela escassez de alimentos e governos corruptos, agricultores a lutar pelo seu sustento, etc. Estas são apenas algumas das guerras que as pessoas estão a enfrentar diariamente e, no meio de tudo isso, tentamos inserir as celebrações de verão e de todas as atividades oferecidas a um país rico, como o Canadá. Como seres sociais precisamos de nos distrair dos problemas do mundo, mas como seres humanos temos de refletir enquanto sociedade como um todo e não esquecer aqueles que são desfavorecidos e estão a sofrer. Os canadianos vivem uma vida de excesso e uma das maiores gulas evidencia-se na compra e consumo de alimentos. Estima-se que cerca de 40% dos nossos alimentos acabam no lixo e, ainda assim, as taxas de obesidade no Norte da América excedem a maioria dos outros continentes. Os barões dos bens alimentares continuam com o ritual de atribuir preços demasiado elevados a bens alimentares básicos, colocando muitos canadianos na posição de terem de escolher entre alimentos ou outros bens essenciais. O nosso governo, que não é sequer capaz de gerir um aeroporto eficientemente, fecha os olhos e permite que a sua população sofra em prol da sua conquista de votos. Graças a Deus o nosso primeiro-ministro relembra-nos diariamente que nos ama, e o líder do NDP segue-o de perto, com o papel higiénico na mão, para lhe limpar o traseiro.

Esta semana, o Milénio Stadium foca-se na celebração da comida e daquilo que amamos nos nossos pratos favoritos, particularmente nos tipos de churrasco. Os portugueses adoram várias comidas, mas acima de tudo o churrasco. Sempre que vir uma fumaça a sair de um quintal ou num piquenique e inalar o doce cheiro de sardinhas grelhadas, já sabe que muito provavelmente uma família luso-canadiana é a proprietária do aparelho de grelhar. As condições económicas estão a fazer com que mais famílias cozinhem em casa e os festivais e piqueniques locais são uma das formas de se saborear diferentes comidas e apoiar a comunidade onde vivemos. Aproveite e apoie, sem esquecer os mais necessitados, cujas dificuldades foram destacadas no início deste editorial.

O mundo está em sofrimento por vários motivos. Para mim, uma boa sardinha grelhada, pão de milho e um copo de vinho acalmam a dor. Portanto, grelhe, grelhe e grelhe um pouco mais. p=”20″ bottom=”20″]

 

Summer-SJ -ENG - milenio stadium

 

Version in english

Summer, Fire & Smoke

Summer in the city. A time to dream about sun, food, the merriment of activities that the world has to offer. Happy times, right? Not so fast. Before we jump into the cauldron of fun, let’s think about some of what else is going on in the world.

There’s still a war raging in Ukraine, which the world is conveniently forgetting about, inflationary pressures creating chaos on the lives of those who can least afford increased costs for a basic bread basket, mayhem at airports, shortage of labour forces impacting many businesses, fires in many parts of the world due to elevated temperatures, hunger and starvation due to shortages of food and corrupt governments, farmers fighting for their livelihoods, etc. These are but a few of the wars that people are fighting each day and in the middle of it all we try to insert the celebrations of summer and all activities afforded to a rich country, which Canada is. As social beings we need to be distracted from the problems of the world, but as human beings we should reflect in a society as a whole and not forget those who are underprivileged and suffering. Canadians live a life of excesses and one of the main gluttonies is the purchasing and consumption of food. It is estimated that about 40% of all food ends up in the garbage and still the rates of obesity in North America exceed most other continents. Food barons continue the ritual of overcharging for basic food staples, placing many Canadians in positions of having to choose between food and other life essentials. Our governments, who cannot even run an airport effectively, turn a blind eye and allow its populations to suffer in the name of getting votes. Thank God our Prime Minister reminds us of every day that he loves us, and the leader of the NDP is right behind him with toilet paper to wipe his rear end.

This week’s Milenio Stadium is about the celebration of food and what we love about our favourite dishes, particularly the BBQ types. Portuguese love many foods but particularly “churrasco” of any type. Any time you see smoke billowing from a yard or a picnic and inhale the sweet smell of grilling sardines, you know that most likely a Portuguese-Canadian family owns the grilling apparatus. Economic conditions are causing more families to stay and cook at home and local festivals and picnics are one way to enjoy different foods and support the communities we live in. Enjoy and support, without forgetting those in need, whose plights were highlighted at the beginning of this editorial.

The world is suffering for many reasons. For me a nice grilled sardine, corn bread and a glass of wine always eases the pain. So grill, grill and grill some more.

Manuel DaCosta/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER