Editorial

Eleições Ocas

Editorial

Enquanto nos preparamos para ir às urnas e votar a 20 de setembro de 2021, muitos defendem que estas eleições não têm sentido por serem desnecessárias.  Avaliando os vários programas partidários, parece que as suas propostas se baseiam no conceito de que os políticos sabem o que é melhor para nós e que devemos abraçar a bobagem que tentam forçar-nos a comer.

Eleições Ocas-canada-mileniostadium
Cartoon Stella Jurgen

Certamente os políticos não têm contacto com os canadianos.  De que outra forma poderia uma eleição ser convocada no meio de uma pandemia simplesmente com o objetivo de adquirir poder adicional por parte dos Liberais?  A amálgama de partidos políticos que fazem campanha com a sua miríade de mensagens que consistem em políticas entrelaçadas proporciona pouca escolha ao eleitor.  Há pouca diferença entre os partidos e o seu principal objetivo de existência não é o de servir os canadianos, mas o de melhorar as agendas pessoais, a solidificação do poder e a influência.  Como é triste que o sistema político tenha chegado a este ponto baixo.  Veja-se no que o Canadá se tornou, a começar pela penetração do medo da fobia populista, que cria um medo irracional e ódio aos manifestantes populistas.  Os contínuos protestos dos canadianos contra as vacinas e outras infrações sobre os seus direitos como cidadãos levaram Trudeau a descrever os infratores como bandidos, extremistas irados, impiedosos, entre outros nomes.

No entanto, estes são canadianos normais que, embora mal orientados, merecem ser respeitados como cidadãos deste país.  O facto de escolherem um método de protesto que é inaceitável e a sua recusa em se vacinarem viola os direitos daqueles que escolhem seguir conselhos médicos, deve ser tratado com compaixão pela ignorância que aqueles cidadãos adotaram.  Para o privilegiado Trudeau pintar os canadianos desta maneira encoraja a dissidência em muitas outras formas e novos protestos.  Quando 50 igrejas foram incendiadas no verão passado, os criminosos foram branqueados e a referência aos crimes, por parte dos detentores do poder, foi que era “compreensível”.  É neste ponto que o nosso país está – com os líderes políticos a promoverem uma falsa narrativa de reconciliação que mostra como estão afastados do cidadão comum.  Precisamos de fazer as coisas de forma diferente no tempo em que vivemos e não podemos continuar a recompensar o primeiro-ministro pelo mau comportamento do passado.  Os caminhos ensolarados transformaram-se em tempo nublado, com a dívida federal a atingir 659 mil milhões de dólares, com mais 650 milhões de dólares a serem gastos nestas eleições indesejadas.  Se o programa eleitoral de qualquer dos líderes for adotado, a dívida atingirá os 700 mil milhões de dólares.  Quem será responsável pelo pagamento desta dívida?  Você e as gerações vindouras.  Um político é a pessoa mais inteligente na sala quando a sala está vazia, mas ele sabe sempre o que é melhor para nós.

Os eleitores enfrentam a possibilidade de outro governo minoritário, com outra eleição dentro de dois anos.  É provável que Trudeau consiga manter o poder da minoria porque nos centros urbanos do Canadá o conservadorismo não foi abraçado.  Este exercício de democracia poderia ter esperado, mas a arrogância dos agentes políticos não se podia importar menos com o eleitor. 

Independentemente de quem ganhar, a população canadiana não será bem servida e devemos estar preocupados.  Os luso-canadianos não saem para votar em número suficiente para assegurar que os políticos prestam atenção às nossas questões enquanto comunidade.  É tempo de inverter a tendência e dos candidatos se prepararem para concorrer nas próximas eleições. 

Por favor, exerça o seu direito de voto, mas informe-se sobre quem melhor representa a sua visão para este país. Por favor, vote.

Fique bem.

Manuel DaCosta/MS


Version in english

Hollow Elections

As we prepare to go to the polls and vote on September 20, 2021, many are suggesting that these elections are about nothing because it was unnecessary.  Assessing the various parties platforms, it would appear that the proposed programs are based on the concept that politicians know what’s best for us and we should embrace the baloney they attempt to force feed us.

Eleições Ocas-canada-mileniostadium
Cartoon Stella Jurgen

Surely politicians are out of touch with Canadians.  How else could an election be called in the midst of a pandemic simply for the purpose of acquiring additional power by the Liberals?  The mishmash of political parties campaigning with their myriad of messages consisting of intertwined policies provide little choice to the voter.  There is little difference between parties and their main purpose for existence is not of servitude to Canadians but to enhance personal agendas, solidification of power and influence.  How sad that the political system has reached this low point.  Look at what Canada has become, starting with the permeation of fear from populist-phobia, which creates an irrational fear and hatred of populist protestors.  The continuing protests by Canadians against vaccines and other perceived infringements on their rights as citizens has Trudeau describing the offenders as thugs, angry extremists, ruthless, among other names. 

Yet these are normal Canadians that while misguided, deserve to be respected as citizens of this country.  The fact they choose a method of protest which is unacceptable and their refusal to vaccinate infringes on the rights of those who choose to follow medical advice should be treated with compassion for the ignorance they have adopted.  For the privileged Trudeau to paint Canadians in this manner, encourages dissent in many other forms and further protestations.  When 50 churches were burned to the ground this past summer, the criminals were whitewashed and the reference to the crimes by those in power were that it was “understandable”.  This is where our country is where political leaders are promoting a false narrative of reconciliation which shows how out of touch they are with the common citizen.  We need to do things differently at this stage in time and we cannot continue to reward the prime minister for past bad behaviour.  Sunny ways have turned to cloudy weather with the federal debt reaching $ 659 billion with $ 650 million more being spent on this unwanted election.  If the platform of any of the leaders is adopted, the debt will reach $ 700 billion.  Who will be responsible to pay back this debt?  You and generations to come.  A politician is the smartest person in the room when the room is empty, but he always knows what’s best for us.

Voters face the prospect of another minority government with another election in 2 years.  Trudeau is likely to succeed in retaining minority power because conservatism in Canada’s urban centers has not been embraced.  This exercise in democracy could have waited but the political arrogance of political operatives couldn’t care less about the voter. 

Regardless of who wins, the Canadian populace will not be well served, and we should be concerned.  Portuguese-Canadians do not get out to vote in sufficient numbers to ensure that politicians pay attention to our issues as a community.  It’s time to reverse the trend and for candidates to prepare to run in the next election.

Please exercise your right to vote but inform yourself about who best represents your vision for this country. Please vote. Be well.

Manuel DaCosta/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER