Desporto

Extremo do Barcelona Ansu Fati ofereceu cirurgia aos olhos a centenas de guineenses

Photo by Pedro Salado/Quality Sport Images/Getty Images

Ansu Fati, do Barcelona, construiu um bloco operatório e enviou 10 médicos da Catalunha para a Guiné com o intuito de operar centenas de pessoas às cataratas. Os pacientes não pagam nada pela intervenção. Em 2023, num gesto semelhante, ajudou 300 pessoas.

Ansu Fati, de 21 anos, está a oferecer cirurgias aos olhos a centenas de guineenses das várias faixas etárias, tendo como objetivo conseguir ajudar 500 pessoas.

Para tal, o extremo do Barcelona disponibilizou na Casa Emanuel, um orfanato de Bissau, 10 cirurgiões que enviou da Catalunha até à Guiné para realizar operações às cataratas.

Tudo isto é possível porque Ansu Fati mandou realizar obras na Casa Emanuel para acolher um bloco operatório moderno capaz de satisfazer as necessidades da equipa médica para trabalhar.

Campun Mané, tio do jogador e coordenador da iniciativa, disse à Lusa que as intervenções são feitas a laser sem qualquer tipo de retorno financeiro por parte dos pacientes, considerando este um gesto de “retribuição de Ansu por tudo o que conseguiu no futebol”.

“Só para se ter uma noção, em Espanha cada operação desta natureza num olho custa três mil euros. Aqui na Guiné, com ajuda da Fundação Ansu Fati, temos isso de graça”, referiu.

Em 2023, Ansu Fati, num gesto semelhante, na zona leste da Guiné-Bissau, conseguiu ajudar 300 pessoas em intervenções cirúrgicas às cataratas.

JN/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

O Facebook/Instagram bloqueou os orgão de comunicação social no Canadá.

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER