DesportoBlog

Corrida às medalhas

O mundo tem os olhos postos em Tóquio – todos, sem exceção, querem que os atletas do seu país regressem a casa com uma ou mais medalhas ao peito, ainda que, na sua grande maioria, nem sequer acompanhem o percurso das diferentes modalidades ao longo dos quatro (ou cinco, neste caso) anos que antecedem esta mítica competição. Mas isso já são outros quinhentos!

Vamos então ao que sabemos neste momento acerca da prestação da comitiva lusa em terras nipónicas!

No andebol, dos três encontros disputados, a seleção nacional saiu derrotada dos encontros com o Egito (31-37) e com a vice-campeã mundial Suécia (28-29) e triunfou sobre o Bahrain (26-25). Seguem-se os embates com a atual campeã olímpica e bicampeã mundial Dinamarca (hoje, dia 30 de julho) e com o Japão, no domingo (1). Antoine Launay conseguiu um lugar nas meias-finais de canoagem slalom, depois de terminar a qualificação no 12.º lugar.

Corrida às medalhas-toquio-mileniostadium
Filipa Martins, Toquio 2021. Credito: DR.

No ciclismo, João Almeida foi 13.º classificado na prova de fundo, enquanto que Nelson Oliveira foi 41.º. No contrarrelógio Almeida conseguiu o 16.º lugar e Oliveira o 21.º. Já Raquel Queirós ficou em 27.º lugar na sua estreia em Jogos Olímpicos na prova de XCO.

Rodrigo Torres, João Torrão e Maria Caetano terminaram em oitavo lugar na final de ensino em equestre. A ginasta Filipa Martins não conseguiu alcançar as fases finais dos Jogos, terminando a sua participação como 43.ª classificada. Telma Monteiro, bronze nos Jogos Rio 2016, cinco vezes campeã da Europa e quatro vezes vice-campeã do mundo, perdeu com com a polaca Julia Kowalczyk e foi eliminada na segunda ronda da categoria -57kg.

Joana Ramos foi eliminada na primeira ronda da categoria de -52 kg pela norte-americana Angelica Delgado e Catarina Costa foi eliminada por Urantsetseg Munkhbat, da Mongólia, na categoria de -48 kg, alcançando, no entanto, a quinta posição e consequente diploma olímpico.

Anri Egutidze também disse adeus à competição, depois de ser eliminado na segunda ronda da categoria de -81kg pelo austríaco Shamil Borchashvili.

A campeã mundial da categoria -78kg, a alemã Anna-Maria Wagner,  afastou Patrícia Sampaio dos Jogos na segunda ronda. Também Bárbara Timo foi eliminada na segunda ronda, na categoria -70kg, ao perder o combate contra a croata Barbara Matic, atual campeã mundial.

A única medalha olímpica portuguesa, até ao momento, foi alcançada por Jorge Fonseca, na categoria -100kg: o bicampeão mundial venceu o canadiano Shady Elnahas e traz para Portugal a medalha de bronze. Rochele Nunes tem combate marcado para sábado, dia 31, frente a Melissa Mojica.

Tamila Holub não se qualificou para a final da prova dos 800 metros livres, ocupando a 25.ª posição das eliminatórias. Tamila falhou igualmente, assim como Diana Durães, a final dos 1500 metros livres, terminando as eliminatórias em 22.º e 23.º lugar, respetivamente. Igual destino para José Paulo Lopes, que foi 23.º classificado nos 800 metros livres.

Também Gabriel Lopes, 21.º classificado, e Alexis Santos, 28.º, falharam a qualificação para as meias-finais dos 200 metros estilos, enquanto que Francisco Santos terminou as eliminatórias dos 200 metros costas em 22.º lugar.

Já Ana Catarina Monteiro ficou em 11.º lugar na prova de 200 metros mariposa, o terceiro melhor resultado de sempre da natação portuguesa em Jogos Olímpicos, falhando, no entanto, o acesso à final. 13.º lugar para os remadores Pedro Fraga e Afonso Costa, depois de vencerem a final C do double-scull ligeiro.

Gustavo Ribeiro garantiu mais um diploma olímpico para Portugal, na estreia da modalidade nos Jogos Olímpicos, terminando no 8.º lugar na final da prova de rua de skate.

Teresa Bonvalot foi eliminada na terceira ronda da prova de surf, terminando no nono lugar, enquanto Yolanda Hopkins Sequeira conseguiu chegar aos quartos de final, mas foi eliminada por Bianca Buitendag, conseguindo um quinto lugar e um diploma olímpico. No Taekwondo, Rui Bragança perdeu na prova de estreia de -58kg contra o lutador espanhol Adrian Vicente Yunta.

Os tenistas Pedro Sousa e João Sousa caíram na primeira ronda de pares, tendo sido eliminados pelos japoneses Kei Nishikori e Ben McLachlan. Pedro e João foram também eliminados na primeira ronda individual – Pedro, que se estreou nos Jogos, perdeu com o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, enquanto que João caiu diante do checo Machac.

No ténis de mesa, Fu Yu foi afastada pela número 3 mundial, a japonesa Mima Ito, na terceira ronda do torneio feminino de singulares. Shao Jieni caiu na segunda ronda, ao  perder por 4-0 com Yu Mengyu, de Singapura.

Marcos Freitas terminou em nono lugar em singulares, saindo derrotado do encontro com o líder do ranking mundial, o chinês Fan Zhendong, por 4-1. Tiago Apolónia foi eliminado na segunda ronda pelo indiano Kamal Achanta (4-2).  Resta agora o torneio de equipas, onde se juntarão a estes dois atletas João Monteiro e João Geraldo.

No tiro com armas de caça, João Paulo Azevedo falhou o acesso à final por dois pontos, acabando no 20.º lugar a prova de trap (fosso olímpico).

João Silva (23.º) e João Pereira (27.º) acabaram no 23.º e 27.º lugar, respetivamente, na prova de elite masculina de triatlo, conquistada pelo norueguês Kristian Blummenfelt. Melanie Santos, por sua vez, foi 22.ª classificada na elite feminina, nesta que foi a sua estreia nos Jogos Olímpicos.

Finalmente, Jorge Lima e José Costa, equipa lusa de 49er, entram em ação novamente hoje, dia 30 de julho, com mais três das 12 regatas, em Kamakura, ocupando neste momento o 10.º lugar. Diogo Costa e Pedro Costa seguem em 15.º na vela classe 470, após quatro regatas. Já Carolina João ocupa o 33.º lugar no Laser Radial, após oito das 10 regatas.

Inês Barbosa/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER