Desporto

Champions

Sporting ganha, Benfica perde, Barça,

Chelsea e Paris brilham

 

O Sporting foi ganhar à Grécia e o Benfica perdeu em casa, numa noite de arranque da fase de grupos em que Barcelona, Paris, Bayern, Manchester United e Chelsea somaram vitórias confortáveis.

 

Grupo A
Manchester United 3-0 Basileia
O Basileia criou algumas situações de golo nos primeiros minutos e Paul Pogba saiu lesionado ainda bem cedo no jogo, mas acabou por ser o seu substituto, Maroune Fellaini, a inaugurar, de cabeça, o marcador, na sequência de um cruzamento de Ashley Young; Romelu Lukaku deu, depois, seguimento ao seu excelente momento de forma pelo novo clube ao elevar para dois zero após assistência de Daley Blind. Outro homem vindo do banco, Marcus Rashford, fechou a contagem.

Benfica 1-2 CSKA Moscovo
O CSKA somou ao dar a volta ao marcador num jogo em que O Benfica marcou primeiro, por intermédio de Haris Seferović, à passagem do minuto 50, mas viu o CSKA dar a volta ao marcador e somar a sua primeira vitória fora em fases de grupos desde Novembro de 2014. Vitinho restabeleceu, de penalty, o empate e Timur Zhamaletdinov, vindo do banco, ofereceu o triunfo à turma moscovita a 19 minutos do fim.

 

Grupo B
Bayern Munique 3-0 Anderlecht

O Bayern lançou-se em definitivo para a vitória a partir do momento em que Sven Kums foi expulso, logo aos 11 minutos, devido a uma falta sobre Robert Lewandowski já dentro da grande área belga. O mesmo Lewandowski não perdoou na transformação da consequente grande penalidade e Thiago Alcántara amplou, depois, a vantagem do Bayern, já na segunda parte, antes de Joshua Kimmich fixar o resultado final em 3-0 já perto do apito final.

Celtic 0-5 Paris Saint-Germain
Os três homens da frente do Paris marcaram na primeira parte em Glasgow, com Neymar e Kylian Mbappé a marcarem os seus primeiros golos pelo clube parisiense na Europa antes de Edinson Cavani converter uma grande penalidade aos 40 minutos. Mikael Lustig marcou na própria baliza já na parte final do encontro e houve ainda tempo para Cavani, com um cabeceamento em voo, bisar na partida e fazer o quinto dos visitantes.

 

Grupo C
Chelsea 6-0 Qarabağ
O Chelsea ganhou vantagem logo aos cinco minutos, graças a um golo de Pedro Rodríguez, e acabou por infligir a derrota mais pesada da noite ao Qarabağ, o primeiro clube de sempre do Azerbaijão a disputar um encontro da fase de grupos da prova.

Roma 0-0 Atlético Madrid
Os visitantes tiveram mais tempo de posse de bola e criaram as melhores oportunidades, mas Allison Becker, titular na baliza da Roma, brilhou a grande e ditou a partilha de pontos.

 

Grupo D
Barcelona 3-0 Juventus
Lionel Messi chegou aos 99 golos nas provas de clubes da UEFA ao marcar por duas vezes – com Ivan Rakitić a marcar também pelo meio – num jogo em que o Barcelona se desforrou da derrota sofrida ante a Juventus nos quartos-de-final da temporada passada.

Olympiacos 2-3 Sporting CP
O Sporting vai receber o Barcelona com o moral em alta dentro de quinze dias, depois de uma boa vitória na Grécia. Seydou Doumbia, Gelson Martins e Bruno Fernandes colocaram os “leões” com três golos de vantagem à saída para o intervalo e a formação portuguesa segurou mesmo os três pontos apesar de Felipe Pardo, antigo jogador do Braga, ter saltado do banco para marcar por duas vezes, primeiro aos 89 minutos e depois já no período de descontos.

 

Grupo E

Liverpool 2-2 Sevilha
Partilha de pontos depois de um duelo emotivo em Anfield. Terminou  a série de seis triunfos europeus do Liverpool, isto apesar da equipa da casa ter estado em vantagem após uma reviravolta, isto depois de Wissam Ben Yedder ter inaugurado o marcador para o Sevilha aos cinco minutos.

Maribor 1-1 Spartak Moscovo
O Maribor parecia condenado à derrota no primeiro jogo na fase de grupos desde 2012/13, mas Damjan Bohar garantiu um ponto com um golo a cinco minutos do final.

 

Grupo F

Feyenoord 0-4 Manchester City
O defesa-central John Stones revelou-se a improvável figura do jogo ao marcar dois golos e ajudar o Manchester City a igualar o maior triunfo de sempre na prova. O Feyenoord teve um regresso frustrante após 15 anos de ausência.

Shakhtar 2-1 Nápoles
A grande penalidade convertida por Arkadiusz Milik na segunda parte fez suar a equipa de Paulo Fonseca, mas os golos de Taison e Facundo Ferreyra foram suficientes para os anfitriões segurarem o triunfo.

 

Grupo G

Porto 1-3 Beşiktaş
Talisca abriu a contagem aos 13 minutos – o primeiro golo que o Porto sofreu esta época – com um disparo de Cenk Tosun e um golo tardio de Ryan Babel a confirmarem o triunfo dos forasteiros.

Leipzig 1-1 Mónaco
Emil Forsberg teve a honra de marcar o primeiro golo do Leipzig na UEFA Champions League, mas Youri Tielemans estreou-se a marcar pela equipa de Leonardo Jardim no minuto seguinte.

 

Grupo H

Real Madrid 3-0 APOEL
Cristiano Ronaldo continuou onde tinha ficado na época passado e com mais dois golos atingiu is 107 na UEFA Champions League, ajudando os detentores do troféu a iniciarem a defesa do título com uma vitória.

Tottenham 3-1 Dortmund
Harry Kane marcou dois golos no triunfo dos Spurs sobre o Dortmund, que regressou a Wembley depois da derrota na final de 2013 e sofreu a primeira derrota em 13 jogos.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER