Canadá

Primeiro-ministro de Manitoba diz que não vai seguir o modelo de canábis do Ontário

O primeiro-ministro de Manitoba, Brian Pallister, anunciou na segunda-feira que o setor privado da província estará envolvido na distribuição de marijuana quando o uso recreativo for legalizado em julho próximo.

Pallister disse que os detalhes do plano provincial para governar a canábis serão divulgados na terça-feira. Ele rejeitou as declarações anteriores do Governo de Manitoba e do Sindicato dos Funcionários Gerais de que as vendas deveriam ser feitas exclusivamente através de lojas administradas pelo governo.

Segundo Pallister, haverá uma espécie de “opção híbrida” – regulação e distribuição do setor público combinada com a entrega do setor privado – que poderá tirar a atividade do mercado negro existente.

O primeiro-ministro observou que Manitoba não seguirá o plano do Ontário de estabelecer lojas autónomas administradas pelo governo oferecendo um preço fixo.

Na opinião de Pallister, as províncias estão a ser apressadas a criar regras para vendas de marijuana para cumprir com o prazo de 1 de julho estabelecido pelo governo federal.

Tal como o Ontário, New Brunswick referiu que irá usar um modelo de corporação da Coroa, com uma comissão legislativa a recomendar a idade mínima de 19 anos.

Já Alberta está a colocar a idade mínima nos 18 anos para ficar alinhada com a idade legal para beber naquela província. A província ainda não decidiu se vai permitir que a marijuana seja vendida através de estabelecimentos públicos ou privados.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER