Canadá

Os canadianos podem esperar uma eleição federal em 20 de setembro

milenio stadium - trudeau - eleições

 

O primeiro-ministro Justin Trudeau está a planear visitar o Rideau Hall no domingo (15) para pedir que o Parlamento seja dissolvido, disseram fontes com conhecimento dos seus planos.

Essas fontes disseram ainda que o primeiro-ministro deve anunciar uma campanha de 36 dias – a duração mínima de campanha permitida por lei – o que significa que o dia da votação será segunda-feira, 20 de setembro. A notícia já foi divulgada pela Reuters e La Presse.

Antecipando uma chamada eleitoral, os líderes da oposição estão já a criticar Trudeau por lançar uma eleição num momento em que a pandemia de COVID-19 ainda não está totalmente controlada.

O líder do NDP, Jagmeet Singh, disse que um ato eleitoral antecipado seria “egoísta”. “Embora Justin Trudeau queira agir como se a pandemia tivesse acabado … não acabou e as pessoas ainda estão preocupadas”, disse Singh em St. John’s, ontem (12). Jagmeet Singh continuou afirmando que “Se Justin Trudeau estivesse a ouvir as pessoas e as suas preocupações, não estaria a pensar convocar uma egoísta eleição de verão.”

O líder conservador, Erin O’Toole, também disse que os liberais não deveriam levar o país a uma eleição federal durante a quarta onda da pandemia. “A minha maior preocupação agora é a potencial quarta onda de COVID-19”, disse O’Toole no início desta semana. “Não nos devemos precipitar para uma eleição. O Sr. Trudeau sempre parece colocar o seu próprio interesse acima do interesse dos canadianos.”

A pandemia provavelmente terá um impacto nos planos de campanha de líderes e candidatos locais, que geralmente é construída em torno de grandes comícios e do porta-a-porta.

A Dra. Theresa Tam, diretora de saúde pública do Canadá, disse estar confiante de que a votação pode ser feita com segurança devido a uma combinação de protocolos de saúde e a alta taxa de vacinação do Canadá.

Liberais lideram nas sondagens – mas nada é certo

Trudeau pode esperar ser questionado mais de uma vez durante a campanha sobre a razão de ser da convocação de eleições antecipadas. As sondagens, no entanto, podem ajudar a perceber porque Justin Trudeau resolveu levar o país às urnas mais cedo já que têm mostrado consistentemente a liderança dos liberais – possivelmente com apoio suficiente para transformar seu governo minoritário em maioria.

CBC/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER