Canadá

Mulher de assassino em massa da Nova Scotia conta história em público pela primeira vez perante um inquérito público

Mulher de assassino em massa da Nova Scotia conta história em público pela primeira vez perante um inquérito público-Milénio Stadium-Canadá
The Canadian Press

O advogado da mulher do homem responsável pelo tiroteio em massa na Nova Scotia compareceu hoje perante um inquérito público.

Lisa Banfield foi espancada e gravemente ferida pelo marido antes dele matar 22 pessoas naquela província canadiana em 2020. Apesar disso o advogado James Lockyer diz que Lisa não se vê como uma vítima.

No início desta semana, a comissão divulgou um documento baseado em provas fornecidas pela esposa durante as entrevistas com a RCMP e o inquérito que mostra detalhes sobre a violência que o marido exercia sobre a mulher.

A comissão que examinou o tiroteio em massa de 18 de Abril de 2020 concordou em deixar a mulher testemunhar sem enfrentar o contra-interrogatório de advogados que representam outras partes, sobretudo porque ela poderia ficar traumatizada por ter de reviver a violência que sofreu.

O advogado Michael Scott, cuja empresa representa famílias de 14 das vítimas, diz que a decisão do inquérito de limitar o interrogatório vai deixar dúvidas persistentes sobre o testemunho de Lisa.

Milénio Stadium

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER