Canadá

Estatísticas Canadá estima que o mercado da canábis em 2015 tenha tido um valor de 6,2 mil milhões de dólares

O mercado negro de canábis do país valia aproximadamente 6,2 mil milhões de dólares em 2015 – quase tanto como o mercado vitivinícola, estima um novo relatório da Estatísticas Canadá.

O relatório divulgado na segunda-feira usou várias estimativas do preço da marijuana para determinar se o mercado representaria cerca de 70 a 90 por cento do tamanho do mercado de vinhos de 7 mil milhões de dólares no ano mais recente em que fez o estudo.

Assumindo uma faixa de preço de 7,14 a 8,84 dólares por grama, também estimou que a canábis representava aproximadamente metade a dois terços do setor de cerveja de 9,2 mil milhões de dólares para 2015.

“O estudo estima que o volume de canábis consumido aumentou com o passar do tempo entre 1960 e 2015, em parte devido ao aumento do consumo entre adultos”, afirmou a Estatísticas Canadá.

O relatório estimou que o consumo de canábis em 2015 totalizou 697,5 toneladas.

As estimativas foram semelhantes às de um relatório da Deloitte que estimou o valor de mercado de venda a retalho base do mercado de marijuana em 4,9 a 8,7 mil milhões de dólares por ano.

O relatório da Deloitte também estimou que o impacto económico potencial total poderia ser cerca de 22,6 mil milhões de dólares, depois da inclusão de fatores secundários.

A Estatísticas Canadá está a preparar-se para a legalização do uso recreativo da marijuana no próximo ano e o que isso significa para os seus programas de estatísticas económicas e sociais.

Esta referiu que o número de consumidores de canábis e o volume de consumo estão sujeitos a maior incerteza porque existem graus de incerteza não quantificados nos dados.

A Estatísticas Canadá disse que espera melhorar as suas estimativas no futuro à medida que as fontes de dados adicionais estiverem disponíveis.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER