Canadá

Conheça os novos programas de ajuda económica destinados aos trabalhadores e às empresas

milenio stadium - freeland_trudeau

 

A alta taxa de vacinação, somada a queda geral de infecção da população, a abertura das fronteiras e a retomada gradual da economia, colocam o Canadá num novo patamar na luta contra a pandemia de Covid-19, conforme o que disse a ministra das Finanças Chrystia Freeland: “Estamos agora em uma nova fase; uma que é muito diferente dos dias mais sombrios da nossa luta contra o COVID-19”. Apesar desses avanços as autoridades ainda são cautelosas e sabem que muitas pessoas seguem sentindo os efeitos da crise econômica provocada pela pandemia, por isso, Freeland anunciou na última semana os novos programas de ajuda do governo federal que substituem aqueles que deixaram de existir, e dos quais muitos canadianos e empresários se socorreram para atravessar a fase mais severa de confinamentos e quebra de receitas.

Em relação aos trabalhadores, sai de cena o Canada Recovery Benefit (CRB) e entra em vigor o Canada Worker Lockdown Benefit, que irá ser destinado àquelas pessoas que trabalham em setores que podem ser afetados por novos confinamentos impostos pelo governo. O programa vai disponibilizar $300 por semana para esse grupo de profissionais caso novos confinamentos sejam impostos. Vai estar em vigor até 7 de maio de 2022. Abrange os trabalhadores que não têm direito ao Employment Insurance. Os dois benefícios não podem ser pagos num mesmo período.

Também voltado aos trabalhadores, o governo anunciou que o Canada Recovery Disease Benefit e o Canada Recovery Caregiving Benefit permanecerão em vigor e serão estendidos por duas semanas- o primeira passa de quatro para seis semanas e o segundo de 42 para 44 semanas de duração.

No que diz respeito aos programas de apoio destinado às empresas, o Canada Recovery Hiring Program foi estendido até 7 de maio do ano que vem e abrange os empregadores qualificados que tenham perdas de receita atuais acima de 10% aumentando a taxa de subsídio para 50%, o que ajudaria essas empresas a seguirem contratando funcionários.

Dois programas específicos foram anunciados para ajudar aquelas empresas ligadas a setores que foram mais afetados pela pandemia. O Tourism and Hospitality Recovery Program fornece apoio por meio de programas de subsídio de salários e aluguel a hotéis, operadoras de turismo, agências de viagens e restaurantes, com uma taxa de subsídio que pode chegar a 75%.

Já o Hardest-Hit Business Recovery Program se aplica àqueles que não se enquadram no guarda-chuva do turismo e da hospitalidade, mas ainda enfrentam obstáculos financeiros significativos. As empresas elegíveis têm que apresentar uma perda de receita média mensal de pelo menos 50% nos primeiros 12 meses de qualificação e uma perda de receita do mesmo valor no mês atual. A taxa máxima de auxílio financeiro seria fixada em até 50% até 13 de março e depois reduzida à metade até 7 de maio de 2022.

A ministra das Finanças Chrystia Freeland deixou claro que isso acontece “para se ajustar à nova fase de recuperação da economia canadiana”, observando que as novas medidas: “Visam fornecer o suporte necessário para garantir uma recuperação robusta para todos. Nosso foco é proteger e criar empregos. E garantir a recuperação mais forte possível para todos”, destacou Freeland.

Lizandra Ongaratto/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER