BlogSaúde & Bem-estar

Pequenos truques, grandes resultados

Este é um tema que faz parte do dia a dia de muitas pessoas durante todo o ano, mas que, para outras, apenas se torna mais presente quando começam a aparecer os primeiros raios de sol e começam a pensar: “bem, se calhar está na hora de fazer alguma coisa para perder estes quilinhos a mais…”. Ainda por cima estes confinamentos provocados pela pandemia não vieram ajudar nada, verdade?

Pequenos  truques,  grandes  resultados-saude-mileniostadium
Créditos: DR.

Mas o que é certo é que para além de, como já tão bem sabemos, uma alimentação equilibrada e a prática de exercício físico regular serem as bases não só para quem deseja emagrecer como também para quem deseja manter o peso e promover um estilo de vida saudável, existem alguns “pequenos grandes truques” que podem dar uma ajuda nesse processo – e, por outro lado, existem também hábitos que ao invés de ajudarem só atrapalham!

Sabiam que, por exemplo, a forma como comemos é um aspeto fundamental no processo de emagrecimento? Para além de devermos sempre comer sentados, é importante que mastiguemos bem e devagar os alimentos – sim, pode parecer estranho mas este pormenor faz toda a diferença no número que verão quando subirem à balança! Tal acontece porque antes de comermos temos sensação de fome e os reflexos alimentares estão mais acentuados, mas a partir do momento em que iniciamos a refeição essa sensação vai diminuindo e os reflexos vão sendo inibidos. No final da refeição, a sensação passa a ser de saciedade – esta mudança acontece sobretudo graças ao processo de mastigação, que estimula estes impulsos. Em ambos os casos, existe produção de neurotransmissores – a grelina, que induz a sensação de fome, e o neuropeptídeo Y, que induz a sensação de saciedade – e é por causa deles que comer devagar tem uma grande influência no processo de emagrecimento. Ou seja, se comermos muito depressa o sistema digestivo e o cérebro não conseguem comunicar de forma eficaz e acabamos por comer mais do que deveríamos. Para além disso, tal dificulta o processo de digestão, favorece a prisão de ventre e o inchaço abdominal.

Outros erros básicos que cometemos às refeições e que nos podem estar a impedir de emagrecer incluem:

Comer apenas sopa

Depois de comermos a sopa até nos podemos sentir saciados, mas provavelmente passado uma hora vamos voltar a sentir fome e cair na tentação de ingerir alimentos ricos em açúcar e/ou gordura.

Comer pão e/ou entradas

Se o prato já possui arroz ou batata, para quê comer pão também? A melhor opção, caso estejam com muita fome, é iniciar a refeição com uma sopa. O mesmo se aplica às entradas!

Não ter legumes suficientes no prato

O ideal será ter o prato bem recheado de hortícolas: meio prato, pelo menos! Caso contrário, terão mais tendência para comer mais arroz ou batatas.

Usar molhos

Muitas saladas são saudáveis até chegar à hora de as temperar! No restaurante peçam sempre para serem vocês a temperar a vossa salada: azeite, vinagre e orégãos são uma combinação que nunca falha!

Inês Barbosa/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER