BlogUcrânia

Papa critica crueldade da guerra e beija bandeira proveniente de Bucha

milenio stadium - papa - bandeira - Pope Francis' weekly general audience
epa09873240 Pope Francis kisses a flag of Ukraine that was sent to him from the Ukrainian town of Bucha as he meets with Ukrainian children during the weekly general audience in the Paul VI Audience Hall, in Vatican City, 06 April 2022. The pontiff lamented the ‘massacre of Bucha’, in the Kyiv suburb where dozens of bodies in civilian clothing have been found, and renewed his calls for an end to the war in Ukraine. EPA/ETTORE FERRARI

 

O Papa Francisco criticou hoje a “crueldade cada vez mais horrível” que atinge a Ucrânia, “inclusive contra civis”, referindo-se ao “massacre de Bucha” antes de beijar uma bandeira ucraniana proveniente daquela “cidade mártir”.

“As recentes notícias da guerra na Ucrânia (…) atestam novas atrocidades, como o massacre de Bucha, uma crueldade cada vez mais horrível, cometida também contra civis indefesos, mulheres e crianças”, disse o Papa na sua audiência semanal, no Vaticano.

Poucos minutos depois, o Papa desfraldou uma bandeira ucraniana diante dos milhares de fiéis reunidos no salão Paulo VI.

“Esta bandeira vem da guerra, da cidade martirizada de Bucha”, declarou, na presença de crianças ucranianas, antes de beijar a bandeira visivelmente enegrecida pelos combates.

Esta declaração é a primeira reação do Papa depois da recente descoberta de dezenas de cadáveres em Bucha, perto da capital Kiev, após a retirada das tropas russas, que suscitou uma onda de choque e a condenação unânime dos europeus.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER