BlogCanadá

Nova lei canadiana vai obrigar Google e Meta a pagar aos meios de comunicação para utilizarem os seus conteúdos

 

milenio stadium - google meta - canada

 

Os gigantes digitais têm 6 meses para negociar acordos privados para compensar os meios de comunicação social canadianos pela reutilização dos seus conteúdos noticiosos. Se as empresas não chegarem a acordo e um novo projeto de lei federal se tornar lei Otava vai obrigá-las a chegar a um acordo.

 

O Ministro do Património, Pablo Rodriguez, diz que a “saúde e o futuro da indústria de notícias, sobretudo as locais, estão em risco” e que esta lei pretende resolver este problema porque “os canadianos precisam de informação fiável e credível, especialmente numa época de maior desconfiança e desinformação”.

 

O projeto de lei foi criado para apoiar os meios de comunicação social independentes do Canadá e é baseado na lei australiana que obriga o Google e a Meta, a proprietária do Facebook e da Instagram, a pagarem pela divulgação de notícias nas suas plataformas.

 

Os media aplaudiram o projeto de lei, mas as gigantes digitais querem analisá-lo antes de fazerem comentários.

 

As empresas vão poder negociar acordos privados com jornais, revistas e grupos de notícias digitais, bem como com emissoras. As plataformas digitais que não cumprirem podem enfrentar penalizações até $15 milhões.

 

Desde 2008 que 451 pontos de venda de notícias fecharam as suas portas e um terço dos empregos no jornalismo canadiano desapareceram desde 2010. O Google e o Facebook absorvem atualmente 80% das receitas da publicidade online. A Meta diz que as notícias representam apenas 4% do que as pessoas veem no seu feed do Facebook.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER