BlogPortugal

Mural de Mr. Dheo é uma homenagem à resistência ucraniana

MILENIO STADIUM - MURAL - MATOSINHOS - DHEO

 

“Lutador pela liberdade” é o nome do novo mural de Mr. Dheo, em Matosinhos, num “apelo à paz” e “numa homenagem à resistência do povo ucraniano”, segundo explica o autor, que, esta segunda-feira, vai expor o trabalho nas redes sociais. A iniciativa contou com o apoio da autarquia matosinhense e de algumas empresas. Pode ser visto na Rua Roberto Ivens.

O título original é “Freedom fighter”. Na parede pode ver-se um homem, a figura central, e também um elemento alusivo à paz, tudo rodeado pelo caos do “contexto de guerra” que, por estes dias, assola a Ucrânia. “É uma homenagem à resistência dos ucranianos. À vontade de lutarem por aquilo que é deles”, reitera o artista, que demorou cerca de uma semana a ultimar a obra.

O mural foi apadrinhado pela Câmara de Matosinhos, através da Divisão de Turismo, que ajudou a encontrar o espaço. O Município também auxiliou no contacto com as empresas, nomeadamente para conseguir as latas de spray e demais materiais, assim como uma plataforma elevatória. A chuva e uma derrocada num prédio vizinho levaram a uma paragem a meio dos trabalhos, que depois foi ultrapassada.

A Divisão de Turismo acompanhou a evolução do mural com uma equipa de filmagens, sendo de registar que um dos elementos, Roman Bedusenko, é ucraniano, de nascença, mas viveu na Rússia. Tem família em ambos os países, embora, de momento, resida em Portugal. O “making of” será publicitado pela edilidade.

Mr. Dheo é conhecido pelas suas obras emblemáticas e pelos temas fortes tratados. Em 2020, o “Anjo na Terra”, dedicado à covid, foi capa em revistas e jornais internacionais, entre os quais o “Financial Times”. O mural foi feito em Arcozelo, Gaia. Em 2021, na Foz, no Porto, o foco centrou-se nos sem-abrigo, com “Quando a noite cai”.

O “Lutador pela liberdade” ou “Freedom fighter” está localizado na Rua Roberto Ivens, em Matosinhos Sul, junto à zona das praias e da Anémona.

De lembrar que Matosinhos, Porto e Gaia, no âmbito da Frente Atlântica, estão a levar a cabo uma campanha de apoio aos refugiados ucranianos.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER