BlogMundo

Depois da Dinamarca e Noruega, Finlândia também vai eliminar restrições

milenio-stadium-mundo-restricoes
epa09710392 Finnish Prime Minister Sanna Marin during the press conference with Spanish Prime Minister Pedro Sanchez (not pictured) after their meeting held at Moncloa Palace in Madrid, Spain, 26 January 2022. EPA/Juan Carlos Hidalgo

 

Os limites de lotação em eventos culturais e desportivos serão suspensos na Finlândia a partir de 14 de fevereiro, disse a primeira-ministra Sanna Marin. A maioria das outras restrições termina a 1 de março.

Restaurantes e bares, que atualmente estão proibidos de vender álcool a partir das 20 horas, poderão servi-lo até às 23 horas a partir de meados de fevereiro. Já as discotecas vão permanecer fechar até ao início de março.

Esta quarta-feira, a Finlândia, que tem 5,5 milhões de habitantes, ultrapassou a marca de meio milhão de infeções e registou 2012 mortes desde o início da pandemia, mantendo algumas das taxas de incidência mais baixas da UE. Porém, a variante ómicron levou a um grande aumento nas infeções no final de 2021.

A Dinamarca tornou-se, na terça-feira, o primeiro país da UE a eliminar quase todas as restrições de combate à pandemia. Foi seguida no final do dia pela vizinha Noruega, onde o primeiro-ministro Jonas Gahr Store disse que a sociedade deve “viver com” o vírus.

“A Finlândia está cerca de duas semanas atrasada em relação aos desenvolvimentos epidemiológicos de outros países”, disse a primeira-ministra Sanna Marin, acrescentando que a data de meados de fevereiro permitirá que as autoridades observem as consequências do levantamento das restrições na Dinamarca e na Noruega.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER