BlogMundo

China e Rússia unem-se para denunciar influência dos EUA na Europa e na Ásia

milenio-stadium-mundo-china-russia
Russian President Vladimir Putin (L) and Chinese President Xi Jinping pose during their meeting in Beijing, on February 4, 2022. (Photo by Alexei Druzhinin / Sputnik / AFP)

 

A China e a Rússia denunciaram, esta sexta-feira, numa declaração conjunta, a influência dos Estados Unidos e o papel das alianças militares ocidentais na Europa e na Ásia como desestabilizadores.

No documento, os dois países afirmam-se “contrários a qualquer futuro alargamento da NATO” e denunciam a “influência negativa da estratégia (para o) Indo-Pacífico dos EUA sobre a paz e a estabilidade na região”, segundo a agência France-Presse.

A China e a Rússia manifestam-se ainda preocupados com a aliança militar dos EUA com o Reino Unido e a Austrália (conhecida por AUKUS), estabelecida em 2020.

A declaração conjunta foi divulgada no âmbito da reunião dos Presidentes chinês, Xi Jinping, e russo, Vladimir Putin, que se deslocou a Pequim para a abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno.

JN/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER