Madeira

Busto de Gandhi inaugurado na Praça do Povo

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque e a embaixadora da Índia em Portugal, Nandini Singla inauguraram, hoje, um busto de Gandhi, na Praça do Povo, no Funchal.

Uma cerimónia em que foi recordada a passagem do líder, político e espiritual, indiano pelo Funchal, em 1906, quando viajava de Londres para a África do Sul.

A mensagem de paz de Gandhi foi recordada nos discursos da inauguração.

Nandini Singla começou por manifestar satisfação por estar “neste paraíso na terra”, o único local de Portugal em que Mohandas Gandhi esteve e pelo facto de o busto estar colocado a poucos metros do memorial de Nelson Mandela.

Curiosamente foi quando regressava à África do Sul – onde começou a trabalhar como advogado – que Gandhi passou pelo Funchal. Tinha ido a Londres levar uma petição a Winston Churchill, então subs-secretário de Estado para as Colónias, contra o ‘Balck Act’, uma lei de segregação racial. Na paragem do navio na Madeira, recebeu a informação de que o seu pedido tinha sido aceite. Infelizmente, como lembrou a embaixadora, “eram fake news”, mas naquele momento Gandhi “estava muito feliz”.

‘Mahatma’ (Grande Alma) foi como o descreveu o poeta indiano Rabindranath Tagore, Prémio Nobel da Literatura e isso mesmo foi recordado por Miguel Albuquerque que reconheceu ser “muito difícil” descrever a grandeza de Gandhi. Um político, líder espiritual, nacionalista, resistente mas, sobretudo, um defensor intransigente da paz e da não-violência.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER