Madeira

Alemães trocaram identidade de mulher morta no acidente de autocarro na Madeira

Durante cinco dias, os filhos de um homem de 80 anos que faleceu no acidente do autocarro no Caniço acompanharam, numa clínica de Colónia, a evolução do estado de saúde da madrasta, de 67 anos, que foi transferida, juntamente com os outros feridos para a Alemanha.

Descobriram agora que, afinal, a sua madrasta também morreu na Madeira e que a senhora ferida é uma mulher de outra cidade alemã.

 

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER