Açores

Utilizadores de Internet Banking estão a aumentar

Os Açores são a segunda região do país com mais proporção de agregados familiares ligados à Internet e com Banda Larga, só ultrapassados pela Área Metropolitana de Lisboa.

A confirmação é do INE, que acaba de divulgar um “Inquérito à utilização de tecnologias da informação e da comunicação pelas famílias 2018”.

Neste Inquérito, ficamos a saber que o acesso à internet em casa continua a aumentar, abrangendo 79% dos agregados em 2018, mais 2 pontos percentuais (p.p.) que no ano anterior e mais 26 p.p. que em 2010. Quase todos os agregados com acesso à internet em casa fazem-no através de banda larga.

Em 2018, 81% dos utilizadores acederam à rede em mobilidade, principalmente através de telemóvel ou smartphone; 67% dos residentes utilizaram ou instalaram aplicações no smartphone.

A proporção de utilizadores de internet banking com idade dos 16 aos 74 anos de idade é de 52%, tendo aumentado 10 p.p. em relação ao ano anterior.

37% dos residentes dos 16 aos 74 anos utilizaram o comércio eletrónico nos 12 meses anteriores à entrevista, mais 3 p.p. que no ano anterior e mais 22 p.p. relativamente a 2010, mas em nível inferior à taxa de utilização na União Europeia. Também ficamos a saber que os utilizadores de internet banking estão a aumentar a um ritmo acelerado.

 

Mais de metade dos usuários de internet já é adepto do banco online

 

Em 2018, 52% dos utilizadores de internet (dos 16 aos 74 anos) referem que utilizam o acesso online ao banco para manter as suas contas debaixo de olho.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística, a percentagem de utilizadores de internet que admite gerir a conta bancária através de net banking revela um aumento de dez pontos percentuais, relativamente ao ano anterior. Ainda que os números do país mostrem uma evolução positiva, continuam distantes do nível médio dos 28 Estados-membros da União Europeia (UE).

A diferença de utilizadores de internet banking entre Portugal e a UE é paralela à diferença de utilizadores de internet, no geral, entre ambos.

Neste âmbito, ainda que, desde 2010, Portugal tenha vindo a aproximar-se da média da União Europeia, em 2017 o país ainda registava uma diferença de dez pontos percentuais.

 

Três em cada quatro utilizam a internet

Se analisarmos apenas os utilizadores de internet, no geral, 75% dos residentes emPortugal—entre os 16 e os 74 anos— referem ter usado a internet nos 12 meses anteriores ao inquérito do INE, uma “proporção que confirma a tendência de crescimento face ao início da década”, pode na nota do INE que acompanha os resultados. Em 2010, apenas 53% da população portuguesa com compreendida no intervalo de idades supracitado utilizava internet.

O acesso à internet em mobilidade — ou seja, fora de casa, do local de trabalho e em equipa-

mentos portáteis — é referido por 81% dos utilizadores de internet em 2018, o que revela que os portugueses estão, cada vez mais, ligados, independentemente do local onde estejam.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER