Açores

Campanha de recolha de alimentos

O Banco Alimentar Contra a Fome de S. Miguel já apoiou, ao longo do ano 2018, mais de 1600 famílias. Um número que se traduz em cerca de 500 cabazes entregues por mês, segundo revelou a instituição, que irá promover uma campanha de recolha de bens alimentares no próximo fim-de- semana.

“Ao longo do ano de 2018, em parceria com inúmeras associações/instituições, socorremos 5.806 pessoas – 1.638 famílias. Em média, mensalmente, foram distribuídos 500 cabazes a famílias carenciadas”, informou ontem a responsável pelo Banco Alimentar Contra a Fome de São Miguel, Luísa César, num comunicado enviado às redacções.

Segundo avançou a responsável, os cabazes são entregues, na maioria, a “desempregados, pessoas com baixos rendimentos, doentes crónicos, famílias monoparentais, entre outros”. E “cerca de 40%” da distribuição mensal feita pela instituição “destina-se a suprir necessidades de crianças, para que não só na escola, mas também em casa tenham uma refeição”.

 

44 postos de recolha de alimentos

Quanto à campanha de recolha de bens alimentares, irá decorrer de 30 de Novembro a 2 de Dezembro. “Numa época festiva marcada pelo espírito de solidariedade, este é um apelo e desafio ao exercício de uma cidadania activa e à partilha, ajudando aqueles que, por diversos motivos, passam por dificuldades”, salienta a responsável, na mesma nota.

“Neste Natal, colabore através da oferta de um quilo de arroz ou massa, enlatados, um litro de leite ou de azeite. Os seus ‘presentes’ farão toda a diferença na vida de inúmeras famílias”, salienta Luísa César.

A campanha contará com 44 postos de recolha espalhados pela ilha de São Miguel, para além da sede do Banco Alimentar que, ao longo destes dias, estará também de “portas abertas para receber quem se queira juntar a esta causa, que é de todos, com as suas doações”.

Nestes postos de recolha, estarão colaboradores e voluntários “devidamente identificados”, convidando o público a colaborar, através da entrega de um saco do Banco Alimentar Contra a Fome.

“Para quem não tiver a possibilidade de ajudar esta causa durante este fim-de- semana, o Banco Alimentar disponibiliza ainda, entre os dias 29 de Novembro e 9 de Dezembro, o portal de doação online em www.alimentestaideia.pt, no qual com um simples clique é possível doar alimentos para quem mais precisa”, alerta ainda a instituição.

 

120 mil cabazes distribuídos em 20 anos

O Banco Alimentar Contra a Fome de São Miguel apoia famílias carenciadas na ilha há 20 anos e neste período já terá entregue “mais 120 mil cabazes”.

No mesmo comunicado, Luísa César garante que, “contrariamente ao, muitas vezes, veiculado nas redes sociais com interesses dúbios, as listas de famílias abrangidas pelo apoio baseiam-se em exigentes critérios, analisados por assistentes sociais desta rede”.

“Este é um trabalho que resulta de uma colaboração em rede entre o Banco Alimentar Contra a Fome de São Miguel e o Centro de Apoio à Emergência Social, conjuntamente com cerca de 50 associações/instituições de solidariedade social, para dar resposta às situações de carência alimentar”, aponta, acrescentando que a instituição “está convicta de que o seu trabalho diário faz toda a diferença no dia-a-dia de milhares de famílias”.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER