Açores

Aeroporto de Ponta Delgada com quebra de passageiros em Outubro

O crescimento do número de passageiros nos aeroportos portugueses geridos pela ANA/Vinci abrandou em Outubro para 4,2%, com quebras em seis deles, as maiores das quais em Faro e no Funchal, que perderam respectivamente 23 mil e 8,9 mil passageiros em relação ao mês homólogo de 2018.

Dados dos aeroportos portugueses a que o PressTUR teve acesso mostram que ainda assim os aeroportos geridos pela ANA/Vinci atingiram o recorde para o mês de Outubro de 5,39 milhões de passageiros, 219,2 mil acima de Outubro de 2018, pelos aumentos de 162,6 mil em Lisboa e 90,88 mil no Porto.

Os dois maiores aeroportos portugueses atingiram, aliás, novos recordes para o mês de Outubro, com 2,8 milhões de passageiros em Lisboa e 1,18 milhões no Porto. Em contrapartida, Faro e Funchal, respectivamente terceiro e quarto maiores aeroportos portugueses tiveram quebras.

Em Faro, as quebras de passageiros com mais impacto foram em voos de /para Alemanha, com menos 22,7 mil passageiros (-17,1%), França, com menos 12,5 mil (-15,6%), Holanda, com -6,4 mil (-8%), doméstico, com menos 4,5 mil (-10,1%), Polónia, com menos 3,7 mil (-38,5%), e Irlanda, com menos 3,1 mil (-4,3%).

No Funchal, as maiores quebras foram em voos de/para o Reino Unido, com menos 9,5 mil (-15,3%), França, com menos 2,6 mil (-17,3%), Alemanha, com menos 1,3 mil (-3,6%), Finlândia, com menos 1,3 mil (-23,6%), e Suécia, com menos mil (-31,2%).

A ‘equilibrar’ as quedas em Faro estiveram principalmente os aumentos em voos de/para o Reino Unido (+4% ou mais 17,9 mil), Suíça (+16,6% ou mais 2,7 mil), Itália (+41,8% ou mais 2,7 mil), Áustria (+83,3% ou mais 2,4 mil) e Suécia (+30,1% ou mais 2,1 mil).

No Funchal, as rotas que mais contribuíram para compensar as quebras foram as domésticas, com mais 4,7 mil passageiros (+3,8%), e as ligações com a Lituânia, com mais 1,7 mil passageiros (+198,5%).

Além de Faro e Funchal, também o Aeroporto de Ponta Delgada teve queda de passageiros no mês de Outubro, em 0,3% ou cerca de 520, para 163,8 mil, com aumentos nos voos domésticos (+0,9%) ou mais 1,3 mil, e nas ligações com a Dinamarca (+72% ou mais 641) e Reino Unido (+8,9% ou mais 235).

Diário dos Açores

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Diário dos Açores

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER